Quero Aprender Francês e Agora?

Quero aprender francês, e agora? Esta é a pergunta que aflige e permeia vários corações em toda São Paulo. Neste artigo tentaremos trazer um pouco de alívio ao mostrar que se você realmente quer aprender francês, terá sim que se empenhar, mas que certamente é uma tarefa mais fácil do que parece.

Para tornar nossos alunos fluentes no idioma francófono, nós utilizamos a metodologia FLE. Não, não significa “Fale, Leia, Escreva”, apesar de aplicarmos exatamente essas 3 competências com nossos alunos.

A metodologia FLE (Français Langue Étrangère) é uma estrutura pedagógica que utiliza elementos estruturais da técnica pedagógica da língua francesa para enriquecer e aprofundar o aprendizado do idioma para estrangeiros que querem falar francês.

Sim, estou falando com toi, cher internaute! (você, querido usuário da Internet!).

Mesmo que você tenha enfrentado problemas para aprender a língua francesa com outros professores e não tenha ido muito além do “bonjour”, você tem esperança.

A maioria das pessoas não sabe, mas a aprendizagem de um idioma está alicerçada em três pilares:

  1. Motivação correta;
  2. Ferramentas certas;
  3. Planejamento adequado.

Motivação correta para quem quer aprender francês

Assim sendo, você precisa primeiramente entender o que realmente te move.
O que te faz dizer: “Eu quero aprender francês” ? Listamos abaixo algumas opções:

  • “Eu quero entender as músicas de Georges Brassens” .
  • “Eu quero flertar com aquela linda francesinha no trabalho”.
  • “Eu quero ler Albert Camus no original”.
  • “Eu quero realmente entender e conhecer bem o vinho francês”.
  • “Eu quero desfrutar do cinema francês”.
  • “Preciso do francês para trabalhar e para me comunicar com os clientes”.
  • “O francês me ajudará na minha carreira como diplomata”.

Compare o que colocamos acima e veja se você pode detectar por que o primeiro grupo de motivações é melhor:

  • “Eu quero poder dizer às pessoas que falo francês”.
  • “Eu quero poder dizer que conheço a cultura francesa”.
  • “Eu quero colocar francês no meu currículo”.

O segundo grupo de motivações não lhe dá qualquer motivo concreto para se comunicar verdadeiramente e entender o idioma. É difícil saber qual parte do idioma estudar com metas tão vagas. Além disso, esse grupo não parece genuíno e talvez não venha de nenhum desejo interno.

Aprender uma língua é um compromisso sério a longo prazo, e raramente alcançável sem um desejo genuíno de entender e se comunicar.

Suas motivações individuais determinarão as ferramentas de aprendizado que você usa.

A menos que suas motivações para aprender referem-se exclusivamente ao francês escrito, você precisará colocar-se em situações para praticar o francês realmente falando e ouvindo pessoas que irão corrigí-lo.

Se você é um iniciante zero, você poderá fazer aulas mais formais com professores ou, o melhor de tudo, sessões online ou off-line com tutores profissionais. Desta forma, você trabalhará com um profissional que está acostumado a ajudar os alunos a encontrar as regras e truques que façam com que o aprendizado avance com naturalidade.

Suas motivações para aprender francês também determinam quais tipos de livros didáticos ou guias você deverá escolher. Como o francês é uma das línguas mais estudadas do mundo, você terá uma gama enorme de materiais de apoio, então aproveite!

Se seus objetivos dizem respeito ao francês escrito acadêmico, você provavelmente escolherá um livro de texto de estilo universitário, mas se estiver mais preocupado com o francês falado, você poderá escolher um livro que inclua gíria e linguagem do cotidiano.

Além disso, em sua aventura francesa, você também começará a ler artigos franceses que se encaixem em seus objetivos e interesses. Por exemplo, uma amiga minha só se permite ler o que ela chama de “revistas femininas inúteis” em francês. Assim ela usa seu vício para ajudá-la a melhorar suas habilidades linguísticas. Você poderá fazer o mesmo com revistas de carros, de notícias políticas, de tecnologia, seja o que for, escolha o seu veneno.

Quanto mais essas diferentes atividades combinarem com suas próprias motivações pessoais e com seu estilo de vida, melhor.

Espero que este seja o primeiro passo para um projeto que lhe proporcionará um enorme prazer quando atingir seus objetivos, além de outros resultados que irão surpreendê-lo. Talvez você não tenha considerado a alegria de poder pedir um peixe na praia do Senegal e conversar com o cozinheiro em francês enquanto ele frita sua batata, mas confie em mim, será divertido e você ficará feliz.

E claro, eu não poderia terminar este artigo sem te avisar que nós aqui da ProFrancês somos especialistas em transformar estudantes curiosos em homens e mulheres fluentes no idioma oficial da França.

Quer ir a Paris ou a Montréal, ou ainda se destacar no meio corporativo, saiba que podemos te ajudar nesse seu novo desafio.

Entre em contato conosco e viva essa nova e excitante experiência da fluência em francês!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *