A origem da língua francesa

A origem da língua francesa é tão apaixonante quanto o idioma propriamente dito. Com muitos conflitos e disputas a história do francês, como língua enriquecedora de culturas, deixou marcas nos trajetos de surgimentos linguísticos ao longo da evolução dos povos.

Os primeiros passos dessa língua foram marcados pela invasão romana iniciada pela Península Ibérica (Portugal-Espanha) assim como em outras regiões. Com a derrocada do Império Romano o latim deixou de ser a língua oficial e através das invasões de outros povos, como os germânicos, os francos e os vikings, foram deixadas marcas dos idiomas dos invasores.  A origem da língua francesa tem como fator mais forte de influência o franciano falado pelos francos, além é claro do latim e do grego.

O primeiro registro de um texto em francês é os “Juramentos de Estrasburgo” que data de 842, fazendo-se considerar a hipótese de que a língua de Molière iniciou seu desenvolvimento ao longo dos séculos VII, VIII, IX e continuando até nossos dias.

Com a chegada do século XI inicia-se a consolidação do “francês antigo”, falado no norte de Loire, que se tratava de uma série de variantes das regiões que foram se tornando um. Entre os séculos IV e XVI a literatura nessa nova língua se consolidou com obras de grande repercussão como – Livre des Merveilles du Monde – começando a chamar a atenção de outros povos para esse charmoso idioma.

Falando de Revolução Francesa, um grande marco histórico, é válido ressaltar que somente um quarto da população falava francês na época, o que serviu de motivação para acontecer um movimento de impulsão da língua tornando-a unificada para os franceses.

O francês nessa época já estava espalhado pelas colônias e sendo usado no comércio, o que tornava necessário seu aprendizado. Ao se analisar a origem da língua francesa, é impossível não relacioná-la com os dias atuais devido à importância do ensino do idioma tanto para a vida acadêmica como para a profissional.

O francês está em franca expansão pelo mundo e ter domínio do idioma se torna cada vez mais importante nos tempos de modernidade. Para crescimento pessoal, profissional ou acadêmico a aprendizagem da língua agrega valor cultural de multiformes maneiras.

Com a escolha de um bom curso o aspirante a francófono terá uma parte do caminho concluída já que a orientação de um profissional é essencial para o sucesso no processo de aprendizagem. A origem da língua francesa nos remete ao português já que ambas têm o latim como raiz. Esse é um dos bons motivos que o estudante tem para estudar francês, pois os traços em comum facilitarão o processo de aquisição do idioma.

Alguns motivos para estudar francês

  • Melhorar as oportunidades no mercado profissional.
  • O francês é uma língua falada por aproximadamente 270 milhões de pessoas no mundo.
  • Mais de 500 empresas francesas estão instaladas no Brasil.
  • Ter acesso a versões de grandes clássicos em seu conteúdo original.
  • Independência ao viajar para países francófonos.
  • Poder aproveitar as oportunidades de empregos em países onde o idioma é falado.

E não se esqueça: A Profrancês é a escola com os melhores professores de francês de toda São Paulo – SP. Entre em contato conosco e receba um orçamento sem compromisso.