Como melhorar a escrita em francês

Saber como melhorar a escrita em francês é tão importante quanto desenvolver as outras habilidades na língua.

Um bom francófono consegue mostrar desenvoltura em todas as etapas de uso do idioma e por isso praticar a escrita é muito importante para os alunos da língua.

Quando se inicia o processo de aquisição do francês, o estudante deve procurar trabalhar todas as habilidades que o tornem um excelente usuário do idioma.

Um aluno dedicado consegue obter uma boa formação na língua e se tornar capaz de usá-la em diferentes situações e de variadas formas.

Como melhorar a escrita em francês? Escrevendo! Não adianta, só se aprende a escrever bem, escrevendo. Vale lembrar como foi o aprendizado na língua materna para chegar a essa conclusão.

Dicas para melhorar a escrita

  • Ler muito! Para se tornar um bom escritor é preciso ser um bom leitor e para isso não há segredo, é preciso ler! A leitura trabalha a memória e a pronúncia, se tornando um exercício completo para o aprendizado. Lendo literaturas francesas, o aluno perceberá como os franceses escrevem, as expressões mais usadas e a forma como são utilizadas. Tudo isso vai  refletir na hora de escrever.
  • Como melhorar a escrita em francês? Praticando sempre! Escrever cartas, textos em geral são formas eficientes de treinar a escrita na língua. Soltar a imaginação e deixá-la viajar em francês vai ajudar o estudante a melhorar a escrita e potencializar o raciocínio no idioma.
  • Escrever e pensar em francês. Habituar-se a pensar em francês é um grande passo para uma melhora significativa no desempenho de qualquer estudante, pois permite que a informação não passe por etapas, mas chegue direto a seu destino. Uma ilustração para essa dica é : ao invés de iniciar uma frase pensando “Eu estou  feliz hoje”, o estudante já inicia na língua francesa “Je suis très heureux aujourd’hui…” nesse momento não deve haver preocupação com erros.
  • O francês para iniciantes é muito satisfatório para quem deseja aprender pelo começo com solidez. Experimentar voltar a fazer o bom e velho ditado. A maioria dos alunos já fez, em algum momento da vida escolar o conhecido ditado para aprender a grafia correta das palavras. A internet oferece algumas ferramentas para auxiliar no processo.
  • Acompanhar o progresso com um caderno de anotações. Os profissionais de ensino dalíngua geralmente acrescentam um diário escrito em seus materiais de avaliação para que possa visualizar e permitir que os próprios alunos observem seus desempenhos e aprimoramentos no idioma. Vale a pena o aluno também criar seu próprio material de anotações de aprendizagem do francês.
  • Buscar ajuda profissional. Um professor especializado no ensino do idioma saberá tornar o processo mais dinâmico e satisfatório para o aluno. Um docente focado no desenvolvimento do estudante auxilia no processo de aprendizado de modo positivo e consequentemente satisfatório para os envolvidos no projeto de francofonia.

E não esqueça: Somos a Profrancês a melhor escola de francês de toda grande São Paulo. Entre em contato e peça um orçamento sem compromisso!

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *