Como estudar francês

Muitos estudantes querem saber como estudar francês e consomem horas preciosas de estudo buscando dicas e alternativas que facilitem o aprendizado da língua, mas o processo de aquisição de um novo idioma vai exigir algumas horas de estudo na forma tradicional: O famoso sentar, ler, escrever e interpretar.

Estudar um conteúdo desconhecido pode gerar certa ansiedade e por isso o aluno tende a procurar atalhos para acelerar o conhecimento e dessa maneira proporcionar a si mesmo um sentimento de conforto em relação à língua.

Todo idioma tem uma base como origem e o método certo mostrará como estudar francês de modo que o novo falante consiga alcançar os objetivos de maneira sólida e eficiente.

É claro que usando algumas dicas o futuro francófono poderá acelerar alguns processos, mas nada substitui as aulas. Para quem deseja aprender e falar um francês “de qualidade” o aprimoramento constante e a disciplina precisam caminhar lado a lado todos os dias.

Manter-se motivado em relação aos estudos é tarefa difícil, porém perfeitamente viável se a vontade de falar a língua francesa for um sonho, uma meta de vida. As dificuldades ao longo do processo de aquisição devem ser encaradas sem medo. Assim como estudar francês, aprender a se conhecer deve ser prioridade nessa nova etapa, pois fazendo uma autoanálise, o estudante conseguirá descobrir qual o método ideal de estudos para seu perfil de aprendizado.

Dicas de estudos

  • Anotar palavras que ainda não foram aprendidas. Criar um “dicionário” próprio pode enriquecer e ajudar na memorização do vocabulário do novo francófono.
  • Ouvir músicas. Essa dica sempre estará presente em dicas de estudo, pois é uma forma recorrente e apresenta resultados satisfatórios para a maioria dos alunos.
  • Ler jornais e revistas em francês. Acostumar-se com a forma com que os franceses leem é outra dica de como estudar francês. As notícias, lidas na língua francesa, vão auxiliar na imersão que o idioma exige para quem realmente deseja aprender.
  • Espalhar post-it pela casa. Rotulando os artigos em francês o estudante estará trabalhando em momentos diversos seu conhecimento e consolidando o aprendizado.
  • Discursar em francês. Escrever um texto e depois ler em voz alta pode ser uma boa dica para quem quer trabalhar a pronúncia.

Encerrando

Para finalizar o artigo, fica a dica mais importante: não desista! As dúvidas e dificuldades irão aparecer, mas com força de vontade e empenho o aluno conseguirá superar cada uma delas.

Como estudar francês? A última (e talvez a mais importante) dica é procurar um bom curso ou professor particular para que o estudo seja orientado de forma coerente. Um bom profissional poderá avaliar o grau de conhecimento da língua pelo aluno e preparar as aulas de maneira objetiva e dinâmica, sem perder tempo com assuntos que já são conhecidos pelo estudante.

Fazer uma boa pesquisa e principalmente conversar com o docente que vai auxiliar no processo de aprendizagem do francês, permite que o futuro francófono conheça e perceba o nível de preparo do professor e se este lhe passa confiança.

E não se esqueça: A Profrancês é a escola com os melhores professores de francês de toda São Paulo – SP. Entre em contato conosco e receba um orçamento sem compromisso.