Como aprender francês sozinho

Quando se fala em aprender francês sozinho, logo surge em nosso imaginário à figura do “nerd”, com aqueles enormes óculos de lentes grossas e mais espinhas que o rosto poderia suportar, sufocado por livros que vão da mesa até o teto e cadernos com tantos resumos que seria impossível rever até o final de nossa vida.

No entanto essa visão pode ser um tanto quanto equivocada, pois autodidatismo em francês não é algo destinado a apenas um grupo de pessoas, todos podem aprender um idioma sem necessariamente ter alguém conduzindo o processo.

Não queremos de forma alguma erguer um discurso à extinção dos professores, apenas mostrar que o ser humano é capaz de usar sua capacidade de aprendizado e apreender conteúdos também quando não se tem um educador por perto.

Em muitos momentos a vontade de aprender nos torna tão vorazes que ficamos surpresos com nosso próprio potencial.

É importante afirmar que, estudar francês sozinho requer disciplina, dedicação e muito empenho por parte do estudante para que a experiência seja satisfatória e o resultado final alcançado.

Não existe fórmula mágica ou receita de bolo para chegar ao topo, no entanto é possível chegar ao objetivo desejado suando a camisa e desafiando os neurônios!

Dicas sempre são bem vindas, mas lembre-se de adequá-las ao seu perfil na hora de usá-las.

E aí, vamos começar?

Técnicas

  • Várias são as técnicas para estudar francês sozinho e seria impossível falar de todas em um só artigo, por isso elencamos algumas que você poderá selecionar e adequar ao seu perfil. Vale reforçar que o atingimento da meta depende única e exclusivamente de sua força de vontade e empenho. Se a sua vontade de aprender francês sozinho é grande ela será capaz de mantê-lo motivado durante o processo de aquisição do idioma.

 

  • Faça um planejamento antes de qualquer coisa: O local de estudo, o horário separado para isso, um planejamento detalhado fará você não perder tempo e tornará o aprendizado mais eficiente

 

  • Selecione materiais auxiliares: Livros, dvds,  vídeos na internet, artigos do nouvelles, as possibilidades são inúmeras e estão todas a seu alcance.

 

  • Memorize palavras novas a cada ciclo de estudos, dessa forma você enriquece o vocabulário e mantém a mente motivada com novas informações.

 

  • Procure um amigo que esteja aprendendo ou que já fale francês para que você possa treinar sua conversação. Se possível faça isso diariamente.

 

  • Assista filmes em francês sem legenda e tente entender os diálogos. Depois tente escrever sobre ele. Para melhorar o vocabulário, mantenha-se informado treinando o francês: leia jornais, revistas e assista noticiários no idioma que você tanto deseja falar. Faça disso um hábito e logo verá os resultados.

 

  • Sempre que puder leia em voz alta, dessa forma você não só se acostuma com a língua como também avalia sua pronúncia.

 

  • Estude! Pode parecer bobagem, mas no momento em que sentar para estudar não se distraia com redes sociais ou outros assuntos senão o tempo que reservou para aprender não será satisfatório e você acabará achando que não está valendo a pena.

Esperamos ter ajudado, até a próxima!

PS: Nem todos alcançam a disciplina necessária para aprender francês sozinho. Caso você precise de uma ajudinha, conte sempre conosco. Modéstia à parte, a ProFrancês é a melhor escola de francês de São Paulo – SP porque temos os professores e mestres mais experientes do mercado. Entre em contato conosco e receba um orçamento sem compromisso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *