fbpx

Depois do grande sucesso da França nas Paralimpíadas de 2021 em Tóquio (54 medalhas, sendo11 de ouro), Paris será a próxima cidade a sediar as Olimpíadas em 2024. Tem como objetivo fazer dos Jogos Paralímpicos “un point essentiel de la réussite de Paris 2024” – um ponto essencial do sucesso esperado nas Olimpíadas de 2024.

Com esse objetivo, vem uma visão mais ampla que é a de integrar ainda mais pessoas com deficiência física na sociedade francesa.

Essa expansão da integração inicia com uma melhor acessibilidade no metrô parisiense. E se não for possível disponibilizar 100% da rede disponível até os Jogos Olímpicos, Anne Hidalgo, a prefeita de Paris, prometeu trazer esta acessibilidade para pelo menos 12 das principais estações do metrô, feito inédito na França.

Tony Estanguet, presidente do comitê organizador das Olimpíadas, afirma que o sucesso almejado só será concluído caso haja a melhor escolha da emissora que televisionará os Jogos. De fato, “France Televisions” só comprou os direitos de difusão dos jogos para as olimpíadas, deixando de lado a transmissão dos Jogos. Veremos se alguma outra emissora se manifesta nesse sentido.

MINNEAPOLIS, MN – JUNE 18: Brian Siemann of the United States competes during the Men’s 100 Meter Dash T53 Wheelchair final during the 2021 U.S. Paralympic Trials at Breck High School on June 18, 2021 in Minneapolis, Minnesota. (Photo by David Berding/Getty Images)

Mesmo se a igualdade entre as Olimpíadas e as Paralimpíadas ainda esteja longe de acontecer, parece que os primeiros passos foram dados nesse sentido: Foi criado um logo comum entre as duas competições. Além disso, depois dos Jogos de Tóquio, as duas bandeiras já estão presentes no telhado do “Hotel de Ville”(prefeitura) de Paris.

Agora, falta um pouco menos de mil dias para oferecer aos atletas paralímpicos a visibilidade que merecem.

Fale conosco: contato@profrances.com.br ou +55 11 97471-4488
Fale conosco: contato@profrances.com.br ou +55 86 9974-0784